Xbox Live | Hacker é condenado a 2 anos de prisão após ataques a Xbox Live e ao Minecraft

Segundo o The Guardian, o hacker Adam Mudd, de apenas 16 anos, foi condenado a dois anos de prisão, após comercializar o software Titanium Stresser, que era utilizado para hackear servidores.

Há estimativas de que o software tenha feito cerca de 1,7 milhões de ataques, desde sites comuns à plataformas do Xbox Live e Minecraft. Mais de 100 mil pessoas estavam registradas no software e mais de 660 mil IPs foram hackeados com a ferramenta. O jovem hacker chegou a faturar 386 mil libras com a venda ilegal do software.

Adam Mudd foi condenado a dois anos em uma instituição para jovens infratores em Old Bailey, na Inglaterra. De acordo com o The Guardian, o jovem não demonstrou nenhuma reação ao ser condenado.

Leia mais sobre:  
Xbox Live

Conteúdos relacionados

Compartilhe: Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone